segunda-feira, 11 de maio de 2009

HAI-KAIS AOS MESTRES

José Inácio Vieira de Melo


O FATALISTA

Nos olhos do cão:
Alberto da Cunha Melo
– vate e furacão.


A MÍSTICA

Conceição Paranhos:
Maria – santa em delírio,
seus versos me banham.


O SEMEADOR

José Chagas planta
sementes no sentimento:
silêncios que cantam.

3 comentários:

Cândida Montenegro disse...

JIVM, gostei muito de seus haikais. Principalmente o que vc fez para o meu conterrâneo Alberto da Cunha Melo, grande poeta, autor do livro "O cão de olhos amarelos". Como vc deve saber o Alberto faleceu há mais ou menos dois anos. Mas a obra permanece. Sugiro que mais adiante publique alguns poemas dele aqui no seu blog. Beijos.

Alfredo Guedes disse...

Muito bons os seus haicais guilherminos. Diria mesmo que são singelos e sofisticados ao mesmo tempo. Uma bela homenagem às suas influências poéticas. Enquanto a Cândida destaca o que você fez para o Alberto da Cunha Melo, eu prefiro o que fez para o maranhense José Chagas. Parabéns!

Maria Muadiê disse...

adorei!