quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

GERARDO MELLO MOURÃO - O QUE AS SEREIAS DIZIAM A ULISSES NA NOITE DO MAR


O QUE AS SEREIAS DIZIAM A ULISSES NA NOITE DO MAR

Sobre a frase musical de Ivar Frounberg
"Was sagen die Sirenen als Odysseus vorbei segelte"


Ninguém jamais ouviu um canto igual
ao canto que te canto
escuta: as ondas e os ventos se calaram e a noite e o mar
só ouvem minha voz – a noite e o mar e tu
marinheiro do mar de rosas verdes:

virás: é um leito de rosas e lençóis de jasmim – e ao ritmo
do teu corpo entre a cintura e as ancas

mais o lençol de aromas de meu corpo
em monte de pétalas desfeito:

e dormirás comigo
e os que dormem com deusas
deuses serão – verás
cada arco de minhas curvas
à forma de teu corpo moldaremos – e a pele tua
aprenderá da minha
aroma e maciez e música
e entre garganta e nuca aprenderás
a noite dos que dormem a aurora dos que acordam
sobre os seios das deusas também deuses.

Vem dormir comigo
e comigo
e todas as sereias.

Todas as deusas se entregam
ao amante que um dia possuiu uma deusa
e então todas as fêmeas dos homens
Helenas, Briseidas e a Penélope tua
hão de implorar às Musas – e as Musas a Eros e Afrodite
a volúpia de uma noite contigo.
Não partas!
se partires
as velas de tua nau serão escassas
para enxugar-te as lágrimas – e nunca
nunca mais tocarás a pele das deusas
nunca mais a virilha das fêmeas dos homens
e nunca mais serás um deus

e nunca mais a melodia de uma canção de amor
dos hinos do himeneu:
abelhas mortas para sempre irão morar
na pedra do jazigo de cera
de teus ouvidos cegos.

Mas vem
e vem dormir comigo
e comigo
e minhas irmãs e todas
as sereias do mar
as sereias da terra
e as sereias dos céus.


GERARDO MELLO MOURÃO
Rio de Janeiro, 1998

2 comentários:

sandra mello-flor disse...

oi
lindo poema
toca alma o coração
tem ternura
encantador
adorei tudo no teu blog
bjs vou voltar sempre

LEILA REGINA disse...

EXCELENTE POESIA, ME FAZ SENTIR SAUDADE DE LUGARES QUE NUNCA ESTIVE, COMO TAMBÉM SENTIR MARAVILHADA PELA VALORIZAÇÃO FEMININA E ATRAÇAO ENTRE HOMEM E MULHER.
PARABÉNS POR TUDO.
ABRAÇOS.
LEILA REGINA