segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

JIVM - ROSEIRAL


Foto: Ricardo Prado

ROSEIRAL


Este roseiral vem pelos ares.
Suas cores, nas tintas da chuva
e no canto dos raios solares.

Matizes da terra batizada
surgem nas rosas em carne viva,
como sangue, seiva, sêmen, lágrimas.

É, sim, o jardim da imensidão.
São tão magníficas suas flores
que o vermelho coroa a visão.


JOSÉ INÁCIO VIEIRA DE MELO

17 comentários:

Por que você faz poema? disse...

Na imensidão do jardim, a poesia.

Gil Santos disse...

E pelos Ares voa alto este Roseiral!! Abraço poeta!

Valberto Cardoso disse...

caro Inacio, sucesso em 2011.
rosas por onde foras!!!
abraços

Ronperlim disse...

Há poemas que não se diz "parabéns", forma vazia e tímida de não compreendê-los. Por isso não me atrevo, neste momento, porque os versos necessitam de emoção e reflexão para um comentário a altura dos versos.

Deva Rakkas disse...

Parabens amigo! O roseiral já está solto no mundo e as pétalas já caíram por aqui...
Feliz tuuuuuuuuudo!
Abraços
Deva Rakkas

Mércia Veiga Vicente Barbosa disse...

Poeta, adoro seu Roseiral. Bjos.

Jeovah Ananias disse...

O seu Roseiral é um marco na poesia brasileira da primeira década do século XXI. Parabéns, poeta!

Vania Barra disse...

Cores, rosas, jardim, chuva, imensidão...
Que Vc. continue com a sua mente tão iluminada, e nos brindando com as suas belas poesias.

Menalton Braff disse...

Magnífico, José Inácio.
Menalton

Paulo Cezar Alves Custódio disse...

Valeu José, belo poema!
p

Luiz Martins da Silva disse...

Fantástico o seu ROSEIRAL!

Affonso Romano de Sant'Anna disse...

Esse caveleiro é fogo!Abraço por 2011, ars

Celso Andrade disse...

Nossa o Affonso Romano de Sant'Anna por aqui porque vc é bom mesmo!
adorei o espaço

te abraço!

Iracema Macedo disse...

José,
Esse poema do livro " Roseiral" é lindo e forte! Sempre bom reler seus poemas, mesmo que já tenha saboreado bastante seu livro.
Abraço
bjs
Iracema

Margot Valente disse...

ze inacio, parabens poeta! voce sempre realizando, transformando as
coisas banais em filigranas de beleza!
um ano novo feliz, para voce e sua linda e maravilhosa familia, com
luz, brilho, realzaçoes, paz, amor, prosperidade e saude!
sao os votos amigos de
margot.

José María Souza Costa disse...

Que venha esse Roseiral,e espalhe-se pelos jardins da poesia
Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo Agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Se tiveres tuiter, e desejar, é só deixar que agente segue.
Um abraço e fique com DEUS.

http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

Ana Maria Rosa disse...

ROSEIRAL - esse belo poema, que nos arrasta na sonoridade rascante de tantos R, é uma espécie de manifesto literário, onde José Inácio apresenta os fundamentos de sua poesia:imagística,sensorial, erótica, apaixonada... transbordante, visceral.
"Este roseiral vem pelos ares/Suas cores, nas tintas da chuva/ e no canto dos raios solares.'
Em mim, são esses três primeiros versos que adentram mas fundo.