quinta-feira, 4 de abril de 2013

JIVM - CORDEIRO DE ABRIL

11 comentários:

Sonya Prazeres disse...

Parabéns, Cordeiro de Abril, mago guardião da beleza das palavras...

Anônimo disse...

Que belo poema... Parabéns cordeiro de abril...Abraços Lizete

Flávia Rodrigues disse...

Que poema maravilhoso! Teus poemas são sempre maravilhosos!! Parabéns!! Um dia radiante pra ti, poeta! Um abraço!!

Eud Pestana Menestrel disse...

Olá José Inacio, agradeço todo dia sua verve em nosso Lácio, flor de abril com pétalas de sabre que à coragem poética, se abre. Evo poeta...

Conceição Dinis Santos disse...

Adoro! Amo toda sua obra que me é dada conhecer até hoje. Obrigada José Inácio Grande Poeta que admiro imenso!

Denise Almeida disse...

Belíssimo poema, belíssimas aquarelas. O Mateus dançou girando enquanto você recitava, vi sem querer.Os pequenos tesouros da tarde, do que é tardio.

Lejânia Bello disse...

Belo poema!! Parabéns poeta!!

innername disse...

Belo poema Jozé.

Maria França Cunha disse...

Muito Lindo!!!!! Adorei!!!!! Gosto muito de seus poemas. Há uma mistura "da terra" com o transcendental. Há um movimento contínuo, arrebatador e até beirando uma paixão violenta de vida. É muita pulsação!!!!

Jeovah Ananias disse...

Beleza de poema, José Inácio! Você tem o dom e o cultiva com vontade, por isso todo este fervor, todo este encantamento. Parabéns!

Hilmaria Xavier disse...

Tua poesia me brinda, José Inácio Vieira de Melo! Carinho na tua alma e no teu coração!